Analisando o diálogo possível entre esses dois sistemas, o procurador do Estado de São Paulo e professor Felipe Gonçalves Fernandes, com base na doutrina pátria e no posicionamento dos Tribunais Superiores, expõe as razões e fundamentos para uma boa análise dos dispositivos do novo diploma processual, a fim de garantir uma atuação segura dos profissionais do direito.

Temas como o incidente de resolução de demandas repetitivas, regramento dos recursos de revista repetitivos, as modificações no processo de execução e as respostas do réu são tratados com profundidade e precisão por um profissional que não só estuda, mas vive o direito processual do trabalho em sua atuação diária.

Dessa maneira, advogados, magistrados, estudantes e demais operadores do direito são convidados a esse passeio pelos institutos da nova legislação processual, a qual, a pretexto de analisar seu impacto no processo laboral, acaba por realizar uma análise de novos institutos processuais, bem como da nova roupagem de antigos.

Conteúdo do curso

Assista ao curso e aumente a performance da sua organização!


3x de R$ 73,33